Acordo beneficia empregados da Petrobras na Bahia

Acordo beneficia empregados da Petrobras na Bahia

Foto: Pedro Teixeira / Ebc

Redação VN
[email protected]

O Ministério Público do Trabalho (MPT) fechou um acordo com a Petrobras na última quinta-feira (14), que faz parte da ação que move por assédio moral na desmobilização de suas unidades na Bahia. Esse ajuste garante a suspensão da ação judicial até 21 de janeiro de 2020, mantendo os mais de 3200 empregados da estatal no estado em seus postos de trabalho.

Os únicos funcionários que não serão recompensado serão os 131 que manifestaram que têm interesse na transferência para outros estados.

No documento também foram anuladas as medidas anunciadas pela Petrobras em setembro, que pretendiam reduzir os benefícios oferecidos aos funcionários que mudariam de unidade e iriam para outros estados. Com isso, o valor pago a quem será transferido, passou para mais de R$ 26 milhões à serem divididos entre os trabalhadores.

O procurador-chefe do MPT na Bahia e coordenador da força-tarefa estadual montada pelo órgão, Luís Carneiro, falou sobre o acordo. “Demos um pequeno passo, porém muito significativo, na atuação do MPT perante os outros 3.200 empregados que permanecem nos postos de trabalho da Bahia”, disse.

Luís ainda falou das condições dignas para todos os empregados. “A transação parcial abre caminho para um amplo acordo que poderá garantir condições dignas e justas para todos os empregados da empresa lotados nos estados da federação que correm o risco de ter suas operações extintas ou reduzidas”, completou.

O post Acordo beneficia empregados da Petrobras na Bahia apareceu primeiro em Varela Notícias – Conectado aos Baianos.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *