Adolescente também morreu em ação que teve motorista de app executado em Pirajá

Adolescente também morreu em ação que teve motorista de app executado em Pirajá

Foto: Arisson Marinho/CORREIO

O adolescente que foi baleado durante uma suposta tentativa de assalto no bairro de Pirajá, em Salvador, na manhã desta quinta-feira (14), não resistiu aos ferimentos. Ele foi socorrido para o Hospital Geral Roberto Santos, no Cabula, depois de ser atingido durante uma troca de tiros entre um assaltante e agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Tudo começou quando o motorista por aplicativo Neidson Brandão da Silva, 41 anos, estava transitando em um Cobalt branco pela Rua da Indonésia. Ele foi abordado por um homem armado e acabou executado em via pública. Um vídeo mostra o momento do assassinato. Veja.

No início da manhã, a Polícia Civil informou que dois assaltantes participaram do crime, mas no final do dia descartou a participação de uma segunda pessoa, sustentando que se tratou mesmo de uma tentativa de assalto.

No momento do crime, Neidson estava com uma passageira no veículo. A mulher conseguiu abrir a porta do carro e fugir. Ela já foi ouvida pelo Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM), unidade responsável pela investigação do caso.

Foto: Eduardo Dias/CORREIO

Depois de balear Neidson, o assaltante tentou fugir, mas foi surpreendido pelos policiais rodoviários federais. Os agentes da PRF estavam passando pela região quando perceberam a ação do bandido e tentaram interceptá-lo.
O assaltante reagiu e houve confronto. A rua estava movimentada, o que deu início a uma correria e muitas pessoas precisaram buscar abrigo para se proteger das balas.

Durante a troca de tiros, tanto o bandido como o adolescente de 17 anos, que não tinha relação com a confusão, foram baleados.

Foto: Arisson Marinho/CORREIO

Os dois foram socorridos com vida para o Roberto Santos, mas não resistiram aos ferimentos. A identidade do assaltante e do adolescente não foram divulgadas.

Procurado, o Departamento de Polícia Técnica (DPT) informou que o corpo de Neidson permanecia no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR) até o final da tarde, passando pelos procedimentos de necropsia.

Ainda não há informações sobre o horário e o local do sepultamento, nem sobre os outros dois corpos.

(Visited 2 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *