Bando é preso após tentar dar golpe em agência bancária; suspeitos são de Itabuna e Ilhéus

Bando é preso após tentar dar golpe em agência bancária; suspeitos são de Itabuna e Ilhéus

Uma mulher, identificada apenas como “Pati” continua foragida. Ela tentou sacar o PASEP com documentos falsos
Uma quadrilha foi presa na última quinta-feira (21) em Alcobaça, após tentar dar um golpe em uma Agência do Banco do Brasil. Os suspeitos – três homens (moradores de Itabuna e Ilhéus) e uma mulher – pretendiam fazer a retirada do PASEP, usando documentos falsos. A Policia Militar foi acionada após a mulher, integrante do bando, se apresentar na agência com uma identidade falsa, na qual tinha o nome da beneficiária Gleiciara Gomes Guimarães.
Foi nesse momento que o funcionário percebeu algo de errado e solicitou para a suspeita outro documento. A golpista, então, informou que iria até o carro buscar. Mas na verdade, ela queria era avisar aos comparas sobre o fracasso dos planos e aproveitar para fugir.
O bando, imediatamente, saiu da agência, entrou em um veículo modelo GM/Onix, de cor cinza e placa QUZ-8559 e fugiu. A Policia Militar foi informada através do CICOM/190, e conseguiu interceptar o carro da quadrilha. A mulher, entretanto, havia tomado outro rumo. Durante a abordagem, os policiais encontraram com dois dos suspeitos duas carteiras de identidade cada, com nomes diferentes.  Os acusados foram conduzidos para a Delegacia de Alcobaça e apresentados para o delegado titular, Maderson Souza.
Em depoimento, os criminosos afirmaram que são da região de Itabuna e Ilhéus e que estariam hospedados em um hotel na cidade de Teixeira de Freitas. Com apoio dos PMs da 87ª CIPM, agentes civis foram até o hotel citado pelo bando e lá encontraram dentro do quarto duas cédulas de identidade supostamente falsas e em branco, sendo uma do Estado da Bahia e outra do Estado de Alagoas.
 
Criminosos identificados 
O delegado Maderson, com ajuda dos colegas da 8ª COORPIN, conseguiu identificar os acusados. Trata-se de Juvenil de Souza Almeida Junior, de 38 anos, que estava portando também, uma outra identidade com nome e de “Hervásio Paternostro Ferreira de Castro”.
Juvenil de Souza Almeida Junior
O segundo é Rafael Santos da Silva, de 25 anos, que também portava outra identidade com nome de “Thiago Santana de Menezes”.
Rafael Santos da Silva
Já o terceiro suspeito foi identificado como Rildo Guimarães Miranda da Silva, de 48 anos, no qual o registro do quarto do hotel estava em seu nome.
Rildo Guimarães
Quanto a mulher, foi citada por eles em depoimento somente pelo codinome de “Pati”. Porém, reconhecem que a foto da identidade usada no banco, que teria sido retida pelo funcionário, trata-se da mesma pessoa.
Juvenil já teria aplicado esse mesmo golpe em outras agências bancárias, utilizando documentos falsos com nome de outras vítimas, havendo um alerta enviado com sua foto para as agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.
Os acusados foram flagranteados pelos crimes de associação criminosa; tentativa de golpe tipo estelionato, e por posse de apetrechos (materiais) para falsificação de documentos público.
Eles foram conduzidos para carceragem da 8ª Coorpin, onde ficaram até o início da próxima semana, sendo transferidos para o Conjunto Penal.
A Policia Civil pede ajuda para identificar e localizar a mulher, que continuava foragida até o fechamento dessa matéria.  Quem tiver alguma informação sobre a suspeita, pode ligar para os números 197 ou 190.
A Policia Civil de Teixeira de Freitas irá investigar, ainda, se esse mesmo grupo teria participado de um sequestro relâmpago, na última terça-feira (19), no qual os sequestradores obrigaram a vítima, que estava sob ameaça de morte, sacar valores em duas agências bancarias, além de realizarem compras em um loja na cidade.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *