Itapetinga: Moradores denunciam imobiliária por causa de terrenos abandonados

Itapetinga: Moradores denunciam imobiliária por causa de terrenos abandonados

Você já imaginou ter a sua residência invadida por 30 escorpiões e 10 cobras? Isso aconteceu e continua acontecendo nas Ruas Francisco Assis Ribeiro e Gina Ferraz Ribeiro, na divisa do Bairro Vitória Régia com o Residencial Vale do Ipê, em Itapetinga. Em um dos casos, segundo moradores, uma cobra invadiu o quarto da residência com uma grávida dentro.

Desde 2016 que os moradores da localidade enfrentam esse problema por causa dos lotes 4 e 5. Os terrenos não são murados e acabam sendo utilizados como depósito de lixo, além do mato, que cresce naturalmente para alegria dos animais peçonhentos.

Os moradores alegam que suas vidas estão sendo ameaçadas e prejudicadas, inclusive, com risco de morte. Alegam ainda que a imobiliária responsável pelos lotes tem conhecimento do problema, no entanto, não faz nada para resolvê-lo.

O capítulo 3 do Código de Postura do Município de Itapetinga diz que “os proprietários de terrenos situados no perímetro urbano são obrigados a murá-los dentro dos prazos fixados pela prefeitura, bem como executar o passeio.”

Cansados de apelar para a empresa responsável pelos lotes, agora os moradores dizem que vão acionar os órgãos competentes para que providências cabíveis possam ser tomadas com urgência.

O site IRepórter segue acompanhando o caso.

Confira as fotos registradas pelos moradores e enviadas para a redação do site:

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *