Lúpus, o que é? – Causas, sintomas, tipos e tratamento

Lúpus, o que é? – Causas, sintomas, tipos e tratamento

Selena Gomez, Lady Gaga, Astrid Fontenelle e Michael Jackson são algumas das celebridades que viraram notícia após revelarem que tem lúpus. O nome científico da doença é Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES), sendo uma doença autoimune. Esse tipo de doença faz com que seu sistema imunológico ataque órgão e tecidos saudáveis. Não se sabe a causa da lúpus, apesar de existirem muitos estudos sobre a doença.

Lúpus é uma das doenças autoimunes mais comuns e graves. Ela faz com que seu corpo produza mais anticorpos que o necessário, onde posteriormente eles atacarão tecidos e órgãos saudáveis. A pele é o alvo mais comum da doença, mas articulações, rins, cérebro, sistema nervoso e pulmões, também podem sofrer com a mesma.

Em seguida confira agora as causas, os tipos de lúpus, os sintomas e informações sobre prevenção e tratamento:

Causas da lúpus

desenho mulher lupus
Drauzio Varella

Como dito anteriormente, não se sabe ao certo o que causa a lúpus, apesar de existirem muitos estudos com teorias sobre ela. Alguns dados são importantes antes de apresentarmos os principais pontos. Cerca de 70% a 90% dos casos de lúpus diagnosticados são em mulheres entre 14 e 45 anos, ou seja, mulheres em idade fértil. Embora esse seja o perfil da maioria dos casos homens também podem desenvolver a doença, assim como bebês e pessoas idosas.

A combinação de 2 ou mais fatores listados a seguir podem causar lúpus:

  • Causas genéticas (um gatilho pode despertar a doença caso seja genética)
  • Causas ambientais (hábitos não saudáveis podem despertar a lúpus)
  • Causas hormonais
  • Causas infecciosas (infecções também podem ser um gatilho para a doença)
  • Causas por medicamento (medicamentos também podem ajudar no aparecimento da LES)

Por fim, é bom lembrar quais são os principais fatores de riscos. Mulheres dos 14 aos 45 anos, qualquer pessoa dos 15 aos 40 anos e também é bom ficar de olho na estenia. Mulheres negras e asiáticas tem de 3 a 4 vezes mais chances de desenvolver lúpus.

Tipos

mulher com lupus 2
Leia Já

Lúpus não é uma doença simples, dessa forma existem 4 formas que ela pode desenvolver no corpo de cada pessoa.

  • Lúpus neonatal: mulheres que tem lúpus e estão grávidas devem ficar atentas a esse tipo de lúpus. O bebê pode apresentar diversas erupções na pele, problemas no fígado e também problemas no sangue. A doença tem grandes chances de desaparece em alguns meses, mas o acompanhamento médico é imprescindível em casos como esse.
  • Lúpus induzido por drogas: como citado anteriormente, ela acontece quando a pessoa toma certos tipos de medicamento. Os sintomas serão os mesmos dos citados no próximo tópico, e tem grandes chances de desaparecer quando o tratamento com o remédio acabar. Dentre os principais remédios que podem causar isso estão a hidralazina, procainamida e a isoniazida. Os dois primeiros são usadas para tratar doenças cardíacas e o terceiro é usado para tratar tuberculose.
  • Lúpus Discoide: também chamado de lúpus eritematoso cutâneo crônico, esse tipo da doença afeta apenas a pele. Erupções cutâneas aparecem pela pele, geralmente nas partes expostas como rosto, braços, couro cabelo e orelhas.
  • Lúpus Sistêmico: esse é tipo mais comum da doença, podendo afetar todos os órgão e tecidos citados anteriormente. No entanto, existem níveis de gravidade e por isso algumas pessoas têm poucos problemas com a doença e outras sofrem mais com a mesma. Pessoas com Lúpus Discoide podem ter seu quadro agravado evoluindo para o Lúpus Sistêmico.

Sintomas

mulher de idade com lupus
Dr. Consulta

Os sintomas da doença são bem diversos, além disso eles podem surgir de uma hora para outro ou gradualmente. Como os sintomas são muitos, é muito fácil confundir com outras doenças, então é sempre bom procurar alguma profissional para fazer o diagnóstico correto. Confira os sintomas que podem variar de intensidade e também entre eles:

  • Manchas vermelhas no rosto, pescoço, peito e cotovelos
  • Dor ao respirar
  • Dores de cabeça
  • Inchaço e vermelhidão ao redor das unhas
  • Feridas na boca e ao redor dos lábios
  • Dores nas articulações
  • Queda de cabelo
  • Sensibilidade a luz solar
  • Febre
  • Fadiga
  • Rigidez muscular
  • Linfonodos aumentados

Existem também os sintomas específicos, já que a lúpus pode atacar diferentes partes do corpo:

  • Coração: arritmia cardíaca
  • Pele: erupções graves, coloração da pele irregular
  • Pulmão: insuficiência respiratória e tosse com sangue
  • Sistema digestivo: dores abdominais, náuseas e vômito
  • Cérebro e sistema nervoso: convulsões, dormência, formigamento, problemas de visão e cefaleia.

Tratamento

remédio lupus
Reumatomias

Para o disgnóstico e tratamento da lúpus, deve-se procurar um profissional especializado primordialmente. Serão feitos radiografias, exames físicos, biópsias de partes supostamente afetadas, hemograma, exame de urina e sobretudo, exames para verificação dos anticorpos.

Com relação ao tratamento, como lúpus ainda não tem cura, é feito o tratamento e acompanhamento dos sintomas. A pessoa portadora da doença pode viver uma vida normal, mas tomando alguns medicamentos e tendo alguns cuidados de acordo com o seu tipo de doença.

  • Dentre os principais tratamentos estão:
  • Anti-inflamatórios
  • Protetor solar
  • Corticoide para lesões na pele
  • Hidroxicloroquina

O hidroxicloroquina é um anti-inflamatório usado para qualquer pessoa com lúpus, seja ela grave ou não, contudo existem rejeições que devem ser vistas com o médico responsável. Utilizar esse medicamente no tratamento contra a doença diminuí consideravelmente a taxa de mortalidade da doença.

Por conta da doença não ter cura, o paciente precisa tomar diversos cuidados em sua vida para que a doença não se agrave. Além disso, a supervisão deve ser ainda maior para o coração, os rins e o pulmão. Uma vez que a doença atinge esses órgãos, pode ser difícil a recuperação.

Em seguida, confira algumas dicas para quem sofre doença:

  • Evitar o sol
  • Evitar bebidas alcoólicas
  • Não fumar
  • Ter um bom repouso
  • Ter uma alimentação equilibrada
  • E acima de tudo, buscar auxílio psicológico

Em suma, esta é uma doença que pode ser difícil de conviver e por isso é importante ter ajuda psicológica, a fim de evitar depressão e mudanças de humor.

E aí, o que achou da matéria? Comenta aí, compartilha com quem precisa saber disso e caso tenha gostado, é provável que vá gostar dessa aqui: 12 celebridades com doenças incuráveis e você não sabia

Fontes: GoV Saúde, Manual MSD, Saúde

Imagens de destaque: Rheumatology Advisor

Essa matéria Lúpus, o que é? – Causas, sintomas, tipos e tratamento foi criada pelo site Segredos do Mundo.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *