Olho de peixe, o que é? Causas, sintomas e tratamentos caseiros

Olho de peixe, o que é? Causas, sintomas e tratamentos caseiros

Afinal, o que é esse olho de peixe? Antes de você responder, não leve o nome ao “pé da aletra”.

Pois, na verdade, olho de peixe (pelo menos nesse sentido) se trata de uma verruga. Ou melhor, uma lesão benigna.

Sobretudo, essa lesão é decorrente da contaminação do vírus papilomavírus humano, do grupo HPV. Mas, vale ressaltar que essas verrugas não tem nenhuma ligação às células cancerígenas.

De modo geral, o olho de peixe é um problema que afeta mais de 2 milhões de brasileiros. Vale destacar que esse vírus pode entrar no corpo através de pequenos cortes, ou então, rachaduras.

Por isso, é mais comum de se encontrar nos calcanhares, na sola do pé ou na parte dianteira dos pés. Porém, pode aparecer em qualquer parte do corpo.

De modo geral, essa verruga pode causar bastante incômodo. Inclusive, muitas pessoas a confundem com um simples calo. Portanto, é importante sempre estar alerta.

Características e sintomas frequentes

Olho de peixe-Tratamentos, características e modos de prevenção
Fonte: Sônia Salim 

A priori, o olho de peixe é caracterizada por uma elevação na pele.  Ou seja, uma lesão arredondada.

Aliás, elas podem variar de tamanho, indo de pequeno a médio; enquanto sua cor pode ser mais amarelada que a da sua pele. Ou, então, em alguns casos, ela vem com alguns pontinhos pretos no meio. Estes, inclusive, são pequenos vasos sanguíneos.

Sobretudo, o olho de peixe pode modificar de pessoa para pessoa. Tanto é que pode aparecer uma única verruga, ou então várias ao mesmo tempo.

De modo geral, essas verrugas podem dificultar o caminhar devido a sensibilidade, ou causar a dor e desconforto ao pisar sobre ela. Isto é, se a lesão surgir nas solas.


Abraço – 5 motivos pelos quais ele faz bem à saúde, segundo a Ciência


Como tratar?

Olho de peixe-Tratamentos, características e modos de prevenção
Fonte: Tua saúde

Primeiramente, cada organismo reagirá de um modo diferente com as verrugas. Como por exemplo, existem casos em que essas verrugas desaparecem espontaneamente em alguns meses. Porém, há casos em que elas persistem por anos.

Contudo, em qualquer tipo de caso, o recomendado é que você procure por um dermatologista ou podólogo assim que perceber que é um olho de peixe.

Basicamente, a ajuda do profissional é de extrema importância pois, ele saberá qual será o tratamento necessário para o seu caso. Além do mais, eles irão tratá-la de acordo com a região que ela se encontra e do tamanho da lesão.

De modo geral, alguns especialistas indicam medicações tópicas, à base de ácido salicílico, ácido nítrico ou ácido tricloroacético. Inclusive, os medicamentos tópicos podem ser uma forma mais natural de você resolver esse problema.

Isso porque eles serão responsáveis por fazer uma esfoliação química na sua pele, ajudando a remover a camada mais superficial sem prejudicar a derme e a epiderme. Consequentemente, será eficaz na eliminação da verruga.

O acompanhamento de um especialistas é preciso, sobretudo, se o seu olho de peixe já estiver em uma fase mais crônica. Ou seja, se ele estiver alcançado regiões ainda mais profundas da sua pele.

Dependendo do caso, pode ser necessário, inclusive, procedimentos cirúrgicos simples. Como por exemplo, a crioterapia ou a eletrocoagulação

Tratamentos caseiros

Além desses tratamentos que citamos, você pode optar por usar loções que ajudem a remover a camada mais externa da pele. Ou então utilizar esses tratamentos caseiros que separamos abaixo. Venha conferir o passo a passo.

1. Remover o excesso de pele

Olho de peixe-Tratamentos, características e modos de prevenção
Fonte: Fique diva

A princípio, você precisará deixar os pés de molho em uma bacia com água morna e um pouco de sal grosso. Pois, assim a pele amolecerá e provavelmente sairá o máximo da sujeira. Após, os pés estarem limpos e com a pele mais amolecida, você pode passar um pouco de pedra pomes para remover o excesso de queratina da região, ao redor da verruga.

Vale destacar, que esse procedimento não causa nenhuma dor ou desconforto. Além do mais, é importante salientarmos que se você puxar a pele, com o intuito de remover a verruga, você estará piorando sua situação. Pois, o vírus pode se espalhar, dar origem à novas verrugas e claro, pode ocorrer o risco de infecção local.

2. Hidratar a pele

Olho de peixe-Tratamentos, características e modos de prevenção
Fonte: Universa

Logo após, de lavar os pés e remover o excesso de pele, queratina e a parte superficial da verruga você pode hidratar os seus pés. Basicamente, para hidratar nós indicamos que você use um creme hidratante para peles ressecadas. Em seguida, calce um par de meias. Pois assim, os seus pés continuarão hidratados.

3. Aplicar a solução indicada pelo podólogo ou dermatologista

Olho de peixe-Tratamentos, características e modos de prevenção
Fonte: Ducampeche

Caso você tenha feito isso antes de dormir, você pode então aplicar a solução, que o seu dermatologista ou podólogo indicou. Normalmente, esses produtos podem variar de líquido para pomada. Inclusive, nós falamos para usar antes de dormir pois, assim o produto agirá durante toda a noite.

Sobretudo, é importante que você saiba que a remoção completa do calo poderá demorar em torno de 1 mês. Contudo, na primeira semana de tratamento você já conseguirá ver algumas diferenças. Além dos produtos você pode também usar palmilhas específicas dentro do sapato. Pois, elas podem te ajudar a apoiar a região em volta da verruga e evitar que o peso corporal sobre a lesão cause dor.

É possível prevenir o olho de peixe?

Olho de peixe-Tratamentos, características e modos de prevenção
Fonte: Tua saúde

De modo geral, a vacina contra HPV, a qual é indicada como prevenção da infecção genital, pode também ajudar a combater os subtipos do vírus. Inclusive, são esses subtipos que podem causar a verruga na pele.

Enfim, agora que você já sabe tudo sobre o olho de peixe, precisará então cuidar com bastante cuidado.

Vem conferir mais uma matéria do Segredos do Mundo: Pé de atleta, você sabe o que é? – Como identificar, tratar e evitar

Fontes: Dermaclub. Tua saúde

Imagem de destaque: Dr. Myriam Figueiredo

Essa matéria Olho de peixe, o que é? Causas, sintomas e tratamentos caseiros foi criada pelo site Segredos do Mundo.

(Visited 2 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *