Sem água há quase um mês, moradora de Tancredo Neves depende de vizinhos para sobreviver

Sem água há quase um mês, moradora de Tancredo Neves depende de vizinhos para sobreviver

Foto: Leitor VN

Anderson Ramos
[email protected]

Como faz para tomar banho, cozinhar, lavar louça, limpar a casa, sobreviver sem água? Há cerca de um mês é o drama pelo qual passa a auxiliar de cozinha, Luciene de Jesus Feitosa, 43, moradora da Rua das Palmeiras, no bairro de Tancredo Neves.

De acordo com Luciene, a falta de abastecimento se dá por conta de um entupimento no encanamento que leva até a sua residência. Ela vive com a filha, a atendente de telemarketing, Alessandra Feitosa Santos, 25. As duas dependem da solidariedade de vizinhos para darem conta das necessidades básicas da casa.

“Se não fossem os vizinhos, não sei o que seria. Eu saio de manhã e volto de noite. Eles enchem os baldes e deixam para que eu possa usar com minha filha”, relata a auxiliar de cozinha.

Segundo ela, mesmo após insistentes tentativas de resolver a situação nada foi feito por conta da Embasa, responsável por solucionar a questão. Já são mais de 10 reclamações protocoladas na Ouvidoria da estatal.

A reportagem do Varela Notícias entrou em contato com a Embasa. A empresa informou que está enviando uma equipe ainda nesta terça-feira (08) para “verificação da situação do ramal que abastece o imóvel da cliente” e acrescentou que, “o fornecimento de água na Rua das Palmeiras ocorre regularmente”.

O post Sem água há quase um mês, moradora de Tancredo Neves depende de vizinhos para sobreviver apareceu primeiro em Varela Notícias – Conectado aos Baianos.

(Visited 2 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *